Mapa

Top Panel
- - - - - -

Salto Yucumã

A maior Cachoeira em extensão do Mundo

Read More

Belas Paisagens

Escolas Municipais

Educação de Qualidade

A+ R A-

CRAS JUNTAMENTE COM A REDE DE APOIO E RAE PROMOVEM PALESTRA REFERENTE A PREVENÇÃO AO SUICÍDIO

IMG 0182 Copy           A Secretaria Municipal de Habitação e Assistência Social – SMHAS, através do Centro de Referência da Assistência Social – CRAS, juntamente com as Secretarias de Educação, Cultura e Desporto e a Secretaria da Saúde e Saneamento do Município de Derrubadas – RS promoveram no último dia 04 de setembro de 2019, como já ocorrido no ano anterior, palestras alusivas ao Setembro Amarelo que tem como prerrogativa a Prevenção contra o Suicídio, com o palestrante Abel Petter. Os temas abordados na palestra foram: Depressão, redes sociais, drogas e suicídio “Quando os sentimentos se transformam em doenças”.

           Neste dia, foram realizadas três palestras contemplando os três turnos: pela manhã foram contempladas as escolas municipal e estadual, com os alunos acima de 12 anos de idade, mobilizados pela Rede de Apoio a Escola – RAE vinculada a SMECD, a qual desenvolve atividades e ações em diversos segmentos educacionais visando o bem estar e a integridade física e emocional dos alunos, familiares e professores. Durante a palestra os alunos esclareceram dúvidas e foram alertados sobre possíveis indícios de que o pensamento suicida pode estar presente em seu círculo de amizades. 

            Já, no período da tarde, a palestra foi para o público em geral, contando, inclusive, com a participação da população idosa, bem como os Agentes de Saúde  do município e no período da noite, os participantes foram os funcionários públicos  e da EMATER, além de vereadores e secretários municipais. O objetivo das palestras foi trazer presente aos públicos, nos seus respectivos horários e, a partir da especificidade de cada um deles, a informações e esclarecimentos sobre os temas abordados.

           Compreende-se que esta temática é pouca divulgada e trabalhada no meio social, contudo, é expressivo o número de pessoas que tentam o suicídio e os que realmente cometem o mesmo. O número é assustador e desta forma, precisa-se falar sobre este fenômeno para a partir das informações e conhecimento, haver uma maior conscientização e com isso, o cuidado com a vida, contribuindo para a sensibilização das pessoas, inclusive, na forma de ajudar quando haja esta necessidade. Falar é uma das formas de prevenção mais eficaz e garantida.

           Através das palestras, foi possível verificar que realmente, falar sobre a temática pode gerar desconforto, mas, ao mesmo tempo, visualizou-se a necessidade de manter a população atenta e bem informada para que cada um possa contribuir e ou ter subsídios para acolher e encaminhar alguma pessoa que possa estar manifestando o desejo de cometer o suicídio. Segundo a Coordenadora do CRAS, Sirlei Becker, “esta iniciativa foi muito importante, pois, além de mantermos uma relação com a rede de apoio e todos estarem contribuindo para o cuidado mútuo, estamos buscando desmistificar uma temática, um fenômeno que está deflagrado e que com certeza precisa ser abordado em nossa comunidade e desta forma consolidar a função protetiva e preventiva do CRAS levando informação e fortalecendo vínculos familiares e comunitários”, conclui.

Pesquisa Noticias

Atendimento

Visitantes

Temos 39 visitantes e Nenhum membro online